22/03/2018

Álbum feito por Raul em 1984 volta com bônus

Em 1983, Raul Seixas (Salvador / BA, 28 de junho de 1945 – São Paulo / SP, 21 de agosto de 1989) foi contratado pela gravadora Som Livre no rastro do sucesso da música O carimbador maluco, composta e gravada pelo artista baiano para o especial infantil Plunc plact zoom (TV Globo, 1983), exibido naquele ano. Em janeiro de 1984, o cantor entrou em estúdio para gravar um álbum que seria finalizado em abril e lançado em julho daquele ano. Intitulado Metrô Linha 743, esse álbum ganha edição expandida em abril, no formato original de LP, pelo Selo 180.

 

Com capa dupla e farto material gráfico que inclui fotos inéditas do artista, o LP que sai em abril, com tiragem limitada, inclui faixa-bônus. Trata-se da já conhecida Anarkilópolis (Raul Seixas, Claudio Roberto e Sylvio Passos, 1984 / 2003), versão embrionária de Cowboy fora-da-lei (Raul Seixas e Claudio Roberto, 1987), música que somente seria lançada por Raul três anos mais tarde, com sucesso, no penúltimo álbum solo do artista, Uah-bap-lu-bap-lah-béin-bum! (1987).

 

Anarkilópolis foi apresentada oficialmente ao público em 2003, em coletânea póstuma do cantor editada em CD. Em 2004, a música foi incorporada a Metrô Linha 743 em edição comemorativa (também editada em CD) de 20 anos desse álbum que foi bem recebido pela crítica, que na época destacou no (bom) repertório autoral a dylaniana música-título Metrô Linha 743, regravada ao vivo nos anos 1990 pela cantora Cássia Eller (1962 – 2001) em disco editado em 1996.

 

Para colecionadores de discos, o charme dessa reedição em LP do álbum Metrô Linha 743 é poder ter o disco em vinil com a adição da música que foi gravada para o único álbum de Raul editado pela gravadora Som Livre, embora a faixa não tenha sido incluída na edição original de 1984 por decisão de ordem artística e logística.

 

Fonte: G1 Mauro Ferreira