18/03/2019

Carlinhos Brown relança disco produzido por Marisa Monte

Segundo álbum solo de Carlinhos Brown, Omelete man será relançado na próxima sexta-feira, 22 de março, em edição digital. Produzido por Marisa Monte, o disco representa um dos pontos culminantes da trajetória do artista baiano, iniciada então há quase 20 anos.

Brown já tinha história na época da edição de Omelete man, pois começara a aparecer em 1979, na cidade natal de Salvador (SP), como integrante da banda de rock Mar Revolto.

Uma década depois, em 1989, o cantor, compositor e percussionista baiano ganhara projeção nacional quando Caetano Veloso gravou música inédita do artista, Meia lua inteira, sucesso radiofônico do álbum Estrangeiro (1989). Sete anos depois, Brown iniciou discografia solo, promovida com muita pompa, na ocasião da edição do miscigenado álbum Alfagamabetizado (1996), produzido por Arto Lindsay com Wally Badarou.

Em que pese todo o marketing posto pela gravadora EMI Music a serviço da estreia solo do artista, esse bom disco que apresentou o samba-salsa Seo Zé (Carlinhos Brown, Marisa Monte e Nando Reis, 1996) surtiu efeito bem abaixo do esperado.

Brown alcançaria prestígio justamente com Omelete man, álbum de 1998 produzido por Marisa Monte, com quem já o artista vinha fazendo conexões desde o terceiro álbum de estúdio da cantora, Verde, anil, amarelo, cor-de-rosa e carvão (1994).

Com mais foco no conceito do que o antecessor Alfagamabetizado, o álbum Omelete man apresentou duas parcerias de Brown com o futuro tribalista Arnaldo Antunes no repertório inteiramente autoral. O samba Amantes cinzas ainda precisa ser redescoberto. Já a canção Busy man vem atravessando gerações, mas com o título trocado para Sem você.

Omelete man chega às plataformas digitais de música uma semana após a edição do álbum Tribalistas.

 

Fonte: G1 Mauro Ferreira