21/03/2019

Cássia Kis de volta ao teatro

Cássia Kis precisou de quase 40 anos para montar e estrelar o espetáculo “Meu quintal é maior do que o mundo”, inspirado no poeta Manoel de Barros.

Revisitando a obra do autor e amigo, a atriz leva ao palco não só as palavras de Manoel, mas uma reflexão sobre arte e poesia. “E não se fala nessa palavra cultura, se tornou um assunto proibido.”

“Parece que o nosso museu no Rio de Janeiro ter queimado é quase um favor. ‘Ah, para que gastar dinheiro com aquela velharia que está lá acumulada’. A sensação que dá é essa”, desabafa a atriz.

A intenção de Cássia com sua peça, montada a partir do livro “Memórias Inventadas”, é trazer um "sopro de esperança" diante desse cenário.

“Estamos falando de um público carente desse lugar, doido para escutar uma coisa maravilhosa que tire sua cabeça e seu coração desse lugar comum, que tá pedindo ‘me satisfaça com alguma coisa’, por favor. Temos direito à felicidade sem muito esforço."

 

Público emocionado

“Meu quintal é maior do que o mundo” teve uma temporada pelo teatro Sesi-SP em janeiro e fevereiro. Após o espetáculo, Cássia costuma voltar ao palco para um bate-papo de 20 minutos com a plateia para ajudar na análise do que foi apresentado.

“Tem gente que já assistiu cinco vezes, jovens que choraram durante todo o espetáculo com a beleza e a sensibilidade, que assistiu a uma peça pela primeira vez, então eu me emociono sempre também com esses relatos."

Para a atriz, a função da arte é provocar sensações e transformar o espectador. “Fazer projetos que levem a esse lugar bom e aconchegante é o caminho diante de um Brasil desmanchado, né? Um Brasil que precisa acordar de novo, de dizer nós podemos, vamos mudar isso."

 

 

Fonte: G1 Pop e Arte