28/03/2019

A celebração dos 70 anos de Paulo César Pinheiro

Dono de cancioneiro admirável, inclusive em termos quantitativos, o compositor e poeta carioca Paulo César Pinheiro completa 70 anos de vida em 28 de abril de 2019.

Habitualmente avesso às badalações, o artista resolveu fazer uma festa para três importantes e já falecidos parceiros na construção da obra monumental do compositor.

A festa acontecerá no palco da Casa de Choro, na cidade do Rio de Janeiro (RJ), de 3 a 18 de abril. Em série de três shows intitulados Paulo César Pinheiro – 70 anos, a serem feitos sob direção musical do violonista Maurício Carrilho, o compositor revive e celebra os cancioneiros feitos com Baden Powell (1937 – 2000), João Nogueira (1941 – 2000) e Mauro Duarte (1930 – 1989).

A parceria com Baden é o tema do primeiro show, agendado para 3 e 4 de abril. Com o reforço vocal da cantora convidada Amélia Rabello, Pinheiro apresentará roteiro que inclui sambas como Lapinha (1968), Refém da solidão (1970) e Vou deitar e rolar (Quaquaraquaquá) (1970).

Na sequência, em 10 e 11 de abril, Pinheiro convida o cantor Gabriel Cavacante para dar voz às parcerias com João Nogueira, compositor com Pinheiro de sambas como Mineira (1975), Súplica (1979) e Poder da criação (1980).

Encerrando a série de três shows em seis apresentações sequenciais, a cantora Cristina Buarque entra em cena na Casa do Choro em 17 e 18 de abril para interpretar músicas compostas por Pinheiro com Mauro Duarte, parceria que gerou pérolas como Menino Deus (1974), Canto das três raças (1976) e Portela na avenida (1981).

"São tantas as homenagens para mim pelos 70 anos que eu resolvi homenagear três parceiros de samba com os quais eu fiz muitos sucessos", resume Paulo César Pinheiro, dividindo generosamente os holofotes do palco na festa dos 70 anos de vida.

 

 

 

Fonte: G1 Mauro Ferreira