01/07/2019

Black Keys de volta após 5 anos

O primeiro disco dos Black Keys em cinco anos não tem segredo: "Let's rock" é rock básico e direto. Nem dá para chamar de "volta às raízes", já que a banda nunca fugiu muito disso. Tem uma ponta de ironia, mas dose maior de sinceridade.

Os tiozinhos dançando no vídeo de "Sit around and miss you", lançado junto com o disco nesta sexta (28), dão a cara de "Let's rock": indie que agrada sobrinhos e tiozões em busca do "bom e velho rock".

Este é o nono álbum do duo, mas o quarto após o sucesso comercial, raro no rock atual. Se nos três anteriores eles contavam com a ajuda do produtor Danger Mouse, agora eles mesmos assinam a produção. São doze músicas em 38 minutos.

Tem blues rock ("Every little thing"), balada country setentista ("Sit around and miss you"), rock and roll retrô ("Go") e até flerta um pouco com o hard rock ("Shine a light"). É o Black Keys de volta na sua melhor forma.

É ainda mais econômico que o normal: o esquema "ao vivo no estúdio", sem acréscimo nem de teclado. As guitarras estão sempre em primeiro plano. É cheio de solos, mas sem em enrolação nem virtuose: sempre a serviço das músicas.

O vocalista Dan Auerbach, ficou impressionado com uma notícia do ano passado sobre um assassino que foi para a cadeira elétrica no ano passado nos EUA, e as últimas palavras dele foram “Let’s rock”.

Uma semana depois do retorno dos Raconteurs, é mais uma ótima opção atual de rock clássico que não precisa parecer com uma banda cover de bar como o Greta Van Fleet.

 

 

 

 

Fonte: G1 Música