09/09/2019

Descobertas imagens inéditas de Miles Davis

Um cenário lunar e uma estrela no trompete à esquerda da tela. O Instituto Audiovisual Francês (INA) anunciou a descoberta das "imagens de televisão mais antigas" conhecidas de Miles Davis, uma sequência filmada em 7 de dezembro de 1957.

"É um tesouro que acaba de ressurgir", anunciou o INA em seu site, onde publicou a sequência de 3 minutos e 57 segundos. Nela, é possível ver o famoso trompetista, vestido com um terno preto e uma camisa branca, acompanhado por um quinteto francês com quem havia acabado de gravar a música do filme "Ascenseur pour l'échafaud" de Louis Malle.

No canto esquerdo da tela, Miles Davis, então com 31 anos, primeiro deixa Barney Wilen brilhar no saxofone e René Urtreger no piano, antes de as câmeras focarem nele no final da música.

Essa sequência foi "filmada em 7 de dezembro de 1957 por Jean-Christophe Averty para a RTF" como parte de um programa de variedades e foi transmitida em 25 de dezembro de 1957.

O filme (formato de 16 mm) foi encontrado "durante um inventário feito no centro de conservação do INA" e depois digitalizado para colocá-lo online no site do Instituto.

As imagens foram filmadas dois dias após a gravação da trilha sonora mítica de "Ascenseur pour l'échafaud", que se tornou um clássico do jazz.

Há uma sequência, exibida em 19 de dezembro de 1957 e "apresentada como a gravação autêntica da música do filme", mas "na verdade é uma recriação posterior", datada de 13 de dezembro de 1957, explicou à AFP Pascal Rozat, do INA.

A sequência descoberta recentemente "é a mais antiga conhecida de Miles Davis, embora tenha aparecido anteriormente em programas de televisão americanos, as imagens não foram preservadas", acrescentou Rozat.

 

 

 

 

Fonte: G1 Pop e Arte