16/09/2019

Sandra de Sá assina samba com Mocidade

O samba-enredo com que a Mocidade Independente de Padre Miguel vai exaltar a trajetória de Elza Soares no Carnaval de 2020 – ano em que a cantora carioca completará 90 anos de vida – tem a assinatura de outra ilustre cantora da música brasileira.

Carioca como Elza, Sandra de Sá integra o time de oito compositores creditados pela criação do samba feito com inspiração no enredo Elza Deusa Soares. Sandra assina o samba-enredo com os compositores DR Márcio, Igor Vianna, Jefferson Oliveira, Prof. Laranjo, Renan Diniz, Solano Santos e Telmo Augusto.

Na madrugada de domingo, 15 de setembro, o samba foi eleito o vencedor da disputa promovida desde julho pela escola de samba de Padre Miguel.

Com forte apelo popular, inclusive pelo refrão que promete explodir no desfile das escolas do Grupo Especial do Carnaval do Rio de Janeiro, o samba vencedor de Sandra e Cia. era o preferido da comunidade ligada à Mocidade Independente.

Cabe lembrar que Sandra de Sá não é estranha no ninho do samba. Embora tenha sido projetada nacionalmente dentro do universo do funk e do soul nacional, em 1980, a cantora e compositora já caiu com sucesso no samba em 1984, quando gravou Enredo do meu samba (Ivone Lara e Jorge Aragão) para a abertura da novela Partido alto, exibida pela TV Globo naquele ano de 1984.

 

 

 

 

Fonte: G1 Mauro Ferreira