07/10/2019

Paralamas do Sucesso faz show nostálgico

Os Paralamas do Sucesso têm uma longa história com o Rock in Rio que vem desde 1985, ano da primeira edição do festival.

Foi quando eles fizeram dois shows que entraram para a história do rock no Brasil. Este ano, o trio original, agora acrescido de teclados e um naipe de metais, retornou ao palco que transformou as suas vidas já sem a obrigação de ganhar o público na marra e simplesmente podendo curtir uma trajetória bela, vitoriosa e também dramática afinal é impossível se esquecer do acidente com um ultraleve em 2001 que o deixou para sempre preso a uma cadeira de rodas, de forma que é difícil não emocionar ao vê-los ainda tocando.

A abertura com a mais nova "Sinais do Sim" pode ter dado a impressão de que eles iriam apostar também em canções mais recentes, mas não foi o caso, dali pra frente o que eles fizeram foi despejar uma série de hits, especialmente dos anos 80 e 90.

Apesar de alguns desencontros e da voz de Herbert Vianna ter falhado um pouco, a banda ainda sabe entregar um dos melhores shows do país e nem poderia ser diferente quando se tem "Meu Erro", "Óculos", "Ska", "Vital e Sua Moto", "Lanterna Dos Afogados" e tantas outras em seu repertório.

Herbert sabe que o tempo passou e hoje já precisa anunciar certas músicas lembrando que elas foram escritas quando quase todos ali presentes sequer tinham nascido, mas, como grande fã da história do pop, ele sabe que certas músicas têm o poder de atravessar gerações e ele sabe que escreveu um punhado delas que se encaixam exatamente nesse perfil.

 

 

 

 

Fonte: Vagalume