09/01/2020

Zeca Baleiro anuncia EP inédito

Mantendo o intenso ritmo fonográfico dos últimos anos, Zeca Baleiro já entra em 2020 com dois discos à vista no horizonte.

Após ter apresentado ao longo de 2019 um álbum duplo dividido em dois volumes, O amor no caos, o artista maranhense se prepara para lançar EP autoral com marchinhas inéditas e álbum com regravações de canções de compositores português, ambos através do próprio selo, Saravá Discos.

Na sexta-feira, 10 de janeiro, sai o single Às vezes o amor, primeira amostra do álbum Canções d'além-mar, em que o artista se exercita como intérprete ao dar voz a músicas recentes do repertório de Portugal.

Gravado em estúdio da cidade de São Paulo (SP), com os toques de músicos como Adriano Magoo (teclados rhodes e hammond) e Tuco Marcondes (violão e guitarra), o single Às vezes o amor será lançado somente em Portugal, mas o público brasileiro poderá conferir no canal oficial de vídeos do artista a abordagem da música do cantor e compositor lusitano Sergio Godinho, apresentada pelo autor em 2006.

Já o álbum Canções d'além-mar sairá em Portugal e no Brasil, inclusive no formato de CD. “Este disco Canções d'além-mar é uma declaração de amor à música feita em Portugal, com ênfase na produção das últimas décadas. É parcial como todo tributo. Não é uma antologia, mas um recorte afetivo do cancioneiro português feito por um músico brasileiro, uma homenagem sincera e apaixonada”, conceitua Baleiro.

Antes de mostrar todo o songbook português, Baleiro lança em 31 de janeiro o EP de marchinhas, intitulado Escória.

O disco apresenta quatro inéditas marchinhas de tom político – Babaca mané, Bichos escrotos II e Você não quer dividir o avião, além de Escória, composição que dá nome ao EP – direcionadas pelo artista contra o atual governo do Brasil.

 

 

 

 

Fonte: G1 Mauro Ferreira