31/08/2020

Nando Reis lança EP 'em casa'

Na noite de 21 de abril, Nando Reis fez a primeira live em carreira que caminha para os 40 anos. Munido de três violões, alternados pelo artista enquanto seguia o roteiro autoral do show transmitido ao vivo dentro da festival BRB play, idealizado para festejar os 60 anos da fundação de Brasília (DF), o cantor deu voz aos maiores sucessos da carreira solo.

Quatro meses depois, já tendo atingido mais de cinco milhões de visualizações, a primeira live do artista dá origem ao EP Nando Reis em casa, lançado na sexta-feira, 28 de agosto. O disco traz o registro parcial da live. Seis músicas de autoria do artista compõem o repertório do EP.

A seleção desse repertório destaca Um tiro no coração (2000), canção feita entre 1997 e 1998 em quarto de hotel, mas até então ausente da discografia oficial de Nando Reis.

A balada Um tiro no coração foi disparada por Sandra de Sá no álbum Momentos que marcam demais (2000) em gravação feita por Sandra com a participação de Cássia Eller (1962 – 2001), principal intérprete do cancioneiro autoral de Nando depois do próprio compositor.

“A história de Um tiro no coração conta uma misto de paixão, deserção, amor não correspondido e forte atração. Embora eu nunca tenha gravado a canção, ela tem um forte apelo emocional e significativo para mim”, ressalta o artista em depoimento inserido em nota oficial sobre a edição do EP.

Luz dos olhos (1996), All star (2000), Relicário (2000), Sei (2012) e Só posso dizer (2016) completam o repertório do EP Nando Reis em casa. A qualidade da captação das músicas na live tem caráter profissional que contraria o espírito caseiro do show.

 

 

 

 

 

Fonte: G1 Mauro Ferreira