18/02/2021

Filme de Sia pode perder indicações ao Globo de Ouro

"Music", a estreia na direção de Sia, se mostrou um filme polêmico. Além de um fracasso de crítica, com a afirmação que o longa chega a ser ofensivo em sua descrição das pessoas com autismo, ele também incomodou pessoas que sofrem com o transtorno ou trabalham a favor dos direitos dessas pessoas. Por causa disso, mais de 65 mil pessoas já assinaram uma petição pedindo para que as indicações que ele teve no Globo de Ouro sejam canceladas.

"Music" ganhou duas indicações ao prêmio entregue pela associação de jornalistas estrangeiros que trabalham em Hollywood: melhor filme e melhor atriz (para Kate Hudson) ambas nas categorias de musical ou comédia.

Para os criadores da petição, "Music" é um filme que abusa do chamado capacitismo (termo usado para designar a discriminação e o preconceito social contra pessoas com alguma deficiência) e que contribui para estereotipar, de forma negativa, os autistas.

Uma das maiores reclamações, é a de que, em sua obra, Sia abusou das cenas musicais com luzes piscando, sons altos, cores vibrantes e cortes rápidos de câmera, que podem se mostrar extremamente estimulantes para os autistas, isso apesar dela ter dito que o longa era uma "carta de amor" para todos eles.

Os autores do pedido lembram que o filme também pode desencadear ataques epiléticos nessas pessoas. De acordo com eles, 25% dos autistas também lidam com essa situação, e, que "Music" é bastante desconfortável de ser visto pelos demais. De forma que, simplesmente, Sia dirigiu um longa que a maioria dos autistas não poderá assistir.

Outra reclamação está na maneira como a atriz Maddie Ziegler vive a personagem título do filme. A reclamação é a de que ela teria feito uma imitação estereotipada dos portadores do distúrbio que os mostra da menira como eles tipicamente foram ridicularizadas e sofrearam bullying através dos tempos.

Veja o trailer do filme.

 

 

 

 

 

Fonte: Vagalume