02/03/2017

Álbum de Cauby rememora 30 anos da morte de Dick Farney

O álbum póstumo em que Cauby Peixoto (10 de fevereiro de 1931 – 15 de maio de 2016) canta o repertório de Dick Farney (14 de novembro de 1921 – 4 de agosto de 1987) tem lançamento previsto para o segundo trimestre deste ano de 2017, lembrando os 30 anos da morte de Farney, cantor, compositor e pianista carioca de toque e voz suaves que antecipou modernidades da Bossa Nova antes de João Gilberto fazer a revolução de 1958.

Gravado com produção de Thiago Marques Luiz em fevereiro de 2016, três meses antes de Cauby sair de cena, o álbum vai chegar ao mercado fonográfico em edição da gravadora Biscoito Fino.

Embora cultuasse um estilo de canto exacerbado e passional que pode ser considerado a própria antítese da leveza da Bossa Nova, Cauby teve Dick Farney como um dos primeiros ídolos. Tanto que incluiu um set em tributo a Dick no roteiro do show que apresentou na cidade de São Paulo (SP), em 8 e 9 de fevereiro de 2016. Foi no embalo da homenagem que o cantor fluminense decidiu gravar um álbum com o repertório de Dick Farney.

Já na semana seguinte do show, Cauby entrou em estúdio da cidade de São Paulo (SP) e, num único dia, pôs voz em dez músicas do repertório de Farney, gravando disco de caráter histórico que se tornaria forçosamente póstumo a partir de 15 de maio de 2016 com a morte de Cauby.

Fonte: G1 Música